sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Diário Cinéfilo: Cairo 678 (678, 2010)

Dia: 14 de Janeiro

17-
Cairo 678 (678, 2010)

Filme egípcio de Mohamed Diab pretende ser um filme denúncia a respeito do que acontece com as mulheres no Cairo – são violentadas sexualmente, mas as autoridades preferem deixar de lado tal assunto. As próprias vítimas se calam temendo o que enfrentariam moralmente e socialmente, já que o fato parece ser um tabu inquebrável nesse país em franca decadência. 3 mulheres se rebelam. Isso aconteceu! É mais um longa baseado numa história real, sobre a trajetória de Seba (Nelly Karim), Fayza (Bushra Rozza) e Nelly (Nahed El Sebaï) que se revoltam com o que acontece no país diariamente, no ônibus público, nas ruas, entre adultos e crianças. O cume da explosão de suas tolerâncias se dá quando uma voz feminina é ouvida e outras passam a ecoar um grito timidamente, mas que vai crescendo com coragem. A violência sofrida tem reações diversas, seja por tentativas legais de resolução, esclarecimentos sociais na imprensa ou em grupos de acolhimento ou com própria violência, já que uma das mulheres passa a usar uma faca e desfere golpes em homens que a toca. É interessante, também, notar um ouro lado desse caso: o marido de Fayza que não é atendido sexualmente pela mulher, ora, por conviver com o abuso de outros homens, essa passou a manter distância de todos, inclusive do próprio esposo. Como causa disso, um problema social rotineiro surge. Bom filme, restrito demais, talvez pelas condições atuais do país, mas revelador.
.
    
Direção: Mohamed Diab
Elenco: Nahed El Sebaï, Nelly Karim, Bushra Rozza, Maged El Kedwany e Bassem Samra

Um comentário:

  1. Baixar o Filme - Cairo 678 - http://mcaf.ee/cfwrl

    ResponderExcluir